Economia dá sinais de recuperação e governo não deve causar temores com reformas radicais

A economia brasileira registrou no terceiro trimestre sua terceira alta seguida.

Entre julho e setembro, o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 0,1%. Apesar de modesto, o número foi bem recebido pelo mercado, que revisou projeções para cima e agora fala em crescimento até superior a 1% no ano.

O IBGE reviu os números do primeiro e do segundo trimestres e concluiu que a economia cresceu mais do que o anunciado anteriormente.

Entre janeiro e março, a alta do PIB passou de 1% para 1,3%.

Entre abril e junho, foi de 0,2% para 0,7%. Além disso, alguns indicadores sinalizam que a retomada do crescimento começa a ganhar consistência.

Os investimentos registraram a primeira alta (1,6%) ante o trimestre anterior, após 15 períodos de queda.

O consumo das famílias repetiu o ritmo de crescimento (1,2%) do segundo trimestre.

Opinião do blog – Há razões para confiança no futuro do país.

A economia realmente se recupera a passos lentos, como o normal em tais situações.

Se fossem aprovadas pequenas mudanças na previdência essa tendência se consolidaria.

Não há necessidades de “espantar” e provocar medo na população, diante dos traumas que ocorrem, ao se falar de reforma previdenciária.

É faze-la por etapas, sem o “afoitismo” da reforma trabalhista, que trará prejuízos à trabalhadores e empresas, pela discussão judicial que está provocando.

A propósito ACESSE E LEIA opinião do blog: Reforma da previdência: “Nem com tanta fome ao prato, nem com tanta sede ao pote”

http://bit.ly/2BFD5C7

Não se justifica o governo causar temores à população com reformas radicais.

Afinal, Roma não se fez num dia!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s