Gesto tresloucado de militar que tentou explodir o Congresso Nacional traz apreensões ao país

Em depoimentos obtidos pelo Correio Braziliense, testemunhas do caso do militar pertencente ao corpo de bombeiro, que furtou uma viatura na madrugada deste domingo (3/12) em Brasília, DF, afirmam que o 2º sargento do Corpo de Bombeiros Fabrício Marcos de Araújo, 44 anos, disse que queria causar danos ao prédio do Congresso Nacional.

Segundo uma das pessoas ouvidas, o acusado chegou a dizer que tinha a “intenção de explodir a viatura” na sede do Legislativo.

Opinião do blog – Preocupante esse fato ocorrido em Brasília, neste final de semana.

Afinal foi um militar, do corpo de bombeiros, que se propôs jogar viatura que dirigia contra o prédio do Congresso Nacional.

Poderá ser um delito comum.

Todavia, dá sinais da elevação do nível de insatisfação popular.

Queira Deus que isso não se assemelhe a primavera árabe que eclodiu em 2011.

Foi uma onda de protestos e revoltas contra governos do mundo árabe.

A raiz dos protestos era o agravamento da crise econômica.

A população sofria com as elevadas taxas de desemprego e pedia melhores condições de vida.

Deus proteja o Brasil!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s