No Natal, boas notícias na economia

Elio Gaspari

Em outubro de 2014 sabia-se que a economia estava parada desde o primeiro trimestre. Mesmo assim a charanga da coligação PT-PMDB reelegeu Dilma Rousseff e Michel Temer.

Cumpriu-se uma velha escrita segundo a qual a percepção da crise demora para prevalecer.

O mesmo ocorre no sentido contrário, a recessão reflui, mas não é percebida.

Discretamente o Planalto está panfletando uma página com 16 itens ilustrativos do progresso ocorrido durante o governo Temer.

Alguns, como os indicadores de emprego, são tênues. (A população ocupada passou de 89,8 milhões de pessoas para 91,3 milhões.)

Outras são bolas divididas, tamanha era a desgraça na base da comparação (A produção industrial passou de uma contração de 9,8% para uma expansão de 1,6%).

Depois de um ano com um PIB negativo de 5,4% no primeiro trimestre de 2016 em relação ao mesmo período de 2015, houve uma expansão de 0,3% no segundo trimestre de 2017 em relação ao mesmo período de 2016. Mixaria.

Cinco itens são indiscutivelmente positivos. A inflação de 9,28% caiu para 2,54%, e a taxa Selic de 14,25% está em 7%.

A safra de grãos passou de 185,8 milhões de toneladas para 242 milhões.

O Risco Brasil, número astrológico que orienta o mercado, era de 544 pontos e caiu para 239 pontos.

O quinto item é a joia da coroa: as empresas estatais passaram de um prejuízo de R$ 32 bilhões em 2015 para um lucro de R$ 4,6 bilhões em 2016, saltando para R$ 17,3 bilhões no primeiro semestre de 2017.

Olhando-se para trás, deve-se reconhecer que no governo de Dilma Rousseff as coisas estavam piorando e continuariam a piorar.

Pararam de piorar, não estão melhorando no ritmo propagado pela charanga publicitária do governo, mas no conjunto indicam que é possível se desejar um 2018 melhorzinho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s