Estudo nacional comprova que RN está em “calamidade pública”, o que exige medidas rápidas

Do editor

“Estado” de hoje, 16, divulga estudo que poderá ajudar o RN obter do governo federal a aprovação de imediata transferência extraordinária, para socorrer a comprovada  calamidade pública, em que se encontra.

Embora o quadro de dificuldades seja generalizado em outros Estados, as conclusões são de que a situação mais grave está no RN.

Para doença grave, remédio rápido.

O peso crescente da folha de pagamento e a queda de arrecadação provocada pela crise econômica fizeram com que em três anos – do início de 2015 ao final de 2017 – os Estados saíssem de um resultado positivo de R$ 16 bilhões para um déficit de R$ 60 bilhões em suas contas.

O levantamento – feito pelo especialista em contas públicas Raul Velloso a pedido do Estado – mostra que, se os governadores não tomarem medidas drásticas, o déficit será ainda maior.

O Rio Grande do Norte teve a piora fiscal mais acentuada.

Opinião do blogRealmente é gravíssimo o quadro financeiro do nosso estado.

Após ter acumulado superávit de R$ 4 bilhões entre 2011 e 2014, o RN registrou déficit de R$ 2,8 bilhões em outubro passado.

Nessa situação, o caminho seria a aprovação de pauta de urgência mínima para votação na Assembleia das medidas necessárias.

A bancada federal estará hoje com o presidente Temer.

Poderia levar essa sugestão e exigir em troca que o governo federal transfira valores extraordinários para amenizar a crise e ajudar a superá-la.

Afinal, simplesmente “apertar” e “apavorar” servidores e aposentados não levará a solução desejada.

Há risco de quebra do pacto social, com as consequências imprevisíveis.

Se o RN é uma situação atípica no país, a solução terá que ser também atípica.

Calamidade é calamidade e não comporta novas esperas….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s