FHC de forma indelicada diz “desconhecer” quem seja Flávio Rocha como candidato à Presidência

FOLHA divulgou nesta sexta, 16, que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) estaria desejando testar o nome do empresário Flávio Rocha, dono das Lojas Riachuelo, como candidato à presidência.

Segundo o jornal, FHC estaria convencido de que Geraldo Alckmin (PSDB) não vai se viabilizar como o candidato do partido.

Hoje, Alckmin tem 10% das intenções de voto, segundo pesquisas.

Opinião do blog – Diante da divulgação da notícia, o ex-presidente FHC, por meio de sua assessoria, procurou a FOLHA e de forma descortês e indelicada declarou que, se por acaso conhecesse Flávio Rocha, não se recordava de sequer ter estado com ele, alguma vez na vida.

Não se justifica os termos do desmentido de FHC.

Poderia ter sido feito um desmentido do encontro entre os dois, ou a negativa de simpatia ou apoio ao nome citado como presumido candidato à presidência.

Porém, não caberia a referencia de “desconhecer”, “nunca ter estado”, num visível atestado de menosprezo e insignificância , em relação à pessoa de quem pretende lançar-se candidato à presidência da República, com notório apoio de parte considerável do PIB nacional, como é o caso de Flávio Rocha.

Flávio Rocha não pode ser considerado um desconhecido e é absolutamente legítima a sua possível candidatura à presidência em 2018.

Afinal, ele foi deputado federal por várias legislaturas, inclusive solidário a FHC no Congresso Nacional e na última campanha municipal de 2016 apoiou o “tucano” João Dória – correligionário de FHC –  para prefeito de SP, com participação ativa e direta.

É um dos mais expressivos líderes empresarias do Brasil, com protagonismo inclusive internacional, como ocorreu recentemente quando lançou o “Movimento Brasil 200”, (alusão aos 200 anos de independência que o país completará em 2022), em evento na cidade de Nova York.

Flávio Rocha chegou a disputar a presidência da República, defendendo a tese do imposto único, que mobilizou vários segmentos políticos e empresariais do país.

FHC extrapolou, portanto, ao menosprezar e humilhar a pessoa de um cidadão que, independente de apoio ou não às suas posições doutrinárias, é na atualidade uma personalidade importante no cenário econômico e político do Brasil.

Será que FHC agiu assim por Flávio Rocha ser nordestino, natural do Rio Grande do Norte?

Seria uma forma de preconceito e desprezo?

Fica o registro de protesto do blog e o desagravo ao conterrâneo Flávio Rocha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s