“Militares não gostam de ser usados como um instrumento político pelo Governo”

Pesquisador que entrevistou 130 militares brasileiros que atuaram em missões como a do Haiti, o alemão Christoph Harig vê “risco de frustração alto” para as Forças Armadas na intervenção no Rio

LEIA  NO EL PAÍS:

http://bit.ly/2Fd374l

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s