Dono da Riachuelo, Flávio Rocha, volta a não descartar sua candidatura ao Planalto

Dono da Riachuelo, o empresário Flávio Rocha admitiu nesta 3ª feira 6 de março, que uma candidatura ao Planalto não está descartada.

Ele reuniu-se com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), como representante do movimento Brasil 200.

Liderado por Rocha, o grupo se diz defensor de uma “agenda liberal na economia e conservadora na política.”

No encontro, o movimento levou uma série propostas de segurança pública, como a que aumenta de 6 para 15 anos a pena mínima para crimes de homicídio.

Perguntado se a apresentação poderia ser interpretada como a de um  pré-candidato, Rocha negou, mas não descartou uma pré-candidatura futura.

“Não temos pretensão eleitoral.

Na minha juventude, até ousei lançar uma candidatura heroica em nome de um ideal.

Hoje, a existência do Brasil 200 me poupa desse sacrifício.

Mas nada impede de o movimento evoluir para uma candidatura para valer.

Até mesmo a minha”, disse.

O empresário tem sido sondado por alguns partidos, inclusive, para ser vice na chapa do deputado Jair Bolsonaro, que deve concorrer pelo PSL. (Poder 360)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s